Luto na Nintendo e no mundo dos Games!

    Compartilhe
    avatar
    Gounford
    Usuário Registrado
    Usuário Registrado

    Mensagens : 111
    Data de inscrição : 29/05/2010
    Idade : 29
    Localização : São Paulo

    Luto na Nintendo e no mundo dos Games!

    Mensagem por Gounford em Qui 19 Set 2013 - 13:50

    Olá Galera!


    Hoje venho aqui para uma new meio chata...
    山内 溥 (Hiroshi Yamauchi), morreu hoje, dia 19 de setembro de 2013, aos 85 anos, de pneumonia.

    Hiroshi, neto de Fusajiro Yamauchi, que assumiu a presidência da Nintendo em 1949 depois de seu avô sofrer um derrame, foi presidente na Nintendo até 2002.

    Hiroshi, que nasceu em 7 de novembro de 1927 em Kyoto, Japão, foi responsável por tornar o que a Nintendo é hoje, de uma empresa de baralho, que também trabalhou com produção de arroz, frotas de taxi e redes de motéis, até finalmente voltar a trabalhar com baralhos e com uma completa linha de brinquedos e finalmente chegar aos videogames.

    Hiroshi era um homem sério e temido, não aceitava que discordassem de suas opiniões, por isso colecionou vários inimigos e desafetos durante seu “reinado” sobre a Nintendo.

    Até sua família não gostava e temia Hiroshi, mas tudo se devia ao gênio administrativo que estava por trás de seu rosto carrancudo, sua voz firme e seu estilo autoritário.

    Hiroshi Yamauchi foi o responsável por “encontrar” o talentoso e considerado “Deus dos Videogames”, Shigeru Miyamoto. Também foi ele que “descobriu” o talentoso Gunpei Yokoi, que veio a ser o criador do Game&Watch, dos Game Boy e de vários outros projetos dentro da Nintendo.

    Também foi dele a responsabilidade por salvar a indústria dos games da grande quebra que houve no começo dos anos 80.

    Sua agressividade tornou um sucesso o primeiro console da Nintendo, o Famicom, ou Nintendo Enterniment System (NES) na América e Europa.

    Lutou por componentes de última geração e baratos, teve ideias incríveis, como um modem em um console de 1983 e outros grandes recursos que fizeram deste console um sucesso.

    Dentro da Nintendo, ele que escolhia pessoalmente quais jogos eram bons o bastante para que fossem lançados no console. Com isso ele criou três divisões de desenvolvimento dentro da Nintendo, e motivava os desenvolvedores com uma grande rivalidade para saber quais jogos seriam ou não aprovados por ele.

    O mesmo brilhantismo ele apresentou em um projeto chamado “Fundo Q“, onde ele mesmo, do próprio bolso, cedia dinheiro para pequenas desenvolvedoras de games que desenvolviam games exclusivos para os consoles da Nintendo.

    Hiroshi sempre trabalhou com metas, e até onde se sabe, todas foram alcançadas, exceto as do Game Cube, seu último console no comando da empresa.

    Algumas dessas metas foram, como a venda de 2 milhões de unidades do NES em dois anos, facilmente batida. O valor máximo que o sistema foi lançado no mercado também foi uma das metas alcançadas, apesar de vários desafios encontrados no meio do caminho.

    Mas apesar de tudo, Hiroshi também foi responsáveis por alguns deslizes no mundo dos games, como o fim da parceria entre a Squaresoft e a Nintendo por sua decisão do Nintendo 64 não usar  CDs e continuar na era dos cartuchos e por tentar baratear o custo do Nintendo Game Cube a ponto de baixar muito o hardware do console em comparação aos consoles dos concorrentes.

    Por muitos anos foi considerado o homem mais rico do Japão e consequentemente um dos mais ricos do mundo. Sua fortuna calculada em US$ 7 bilhões foi registrada em 2005, com o sucesso do Wii e seu revolucionário controle por movimentos.

    Hiroshi saiu em 2002 da presidência da Nintendo, logo após o evidente fracasso do Game Cube, apesar do sucesso do Game Boy Adventure.

    Surpreendeu a todos, quando convidou Satoru Iwata, até então um desenvolvedor de jogos do segundo escalão da Nintendo, como Kirby a ser o novo presidente, mas novamente o senhor de até então 74 anos, acertou novamente e escolheu um homem que levou a Nintendo ao topo mais uma vez.

    Hiroshi Yamauchi, com certeza deixou mais inimigos do que amigos neste mundo, mas o seu legado será lembrado para sempre, pois ele é o responsável por essa atual indústria que movimenta mais de 30 bilhões de dólares ao ano e que hoje é maior que a do cinema.

    Muitos admiram e devem suas atuais posições a este homem, que do seu jeito agressivo, impaciente e decisivo, tornou o que os games são hoje.

    Fica minhas condolências aos parentes de Hiroshi e meu agradecimento eterno a toda a alegria que este homem pode proporcionar em minha vida.

    Um abraço e obrigado Hiroshi, de um grande admirador seu, Thiago Gounford.
    avatar
    KamOnBR
    Usuário Registrado
    Usuário Registrado

    Mensagens : 58
    Data de inscrição : 01/05/2012
    Idade : 19
    Localização : Sulon / Nar Shaddaa

    Re: Luto na Nintendo e no mundo dos Games!

    Mensagem por KamOnBR em Qui 19 Set 2013 - 20:42

    R.I.P

      Data/hora atual: Seg 25 Set 2017 - 12:53